Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/templates/cirrus-yellow/index.php on line 12
Vão Livre I - Página 6

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/plugins/content/jw_allvideos/jw_allvideos.php on line 42

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/plugins/content/jw_allvideos/jw_allvideos.php on line 43

Revista Vão Livre No.0 - Vão Livre I


 

 

A PROPÓSITO DE UMA CASA
(Mardia Gianetti - Residência)

Sylvio de Vasconcellos – Arquiteto (Transcrito da Revista Arquitetura e Engenharia no. 4/1947)


É incontestável que a permanência do espírito acadêmico, o gosto das adaptações, do ornamental decadente e da falta de preocupação com o espaço e o tempo, refletem-se, ainda, em quase toda a nossa a arquitetura. A causa disto pode ser encontrada no próprio desequilíbrio social e na decadência artística que perturbou e perturba ainda a marcha de nossa evolução. Não deixa, também, de ser um sinal de impotência frente aos nossos próprios problemas e às nossas dificuldades. Por isso mesmo, têm encontrado no Brasil campo favorável à sua expansão o cinema mal feito, as missões artísticas estrangeiras e a arte fácil. Não que devamos abandonar o passado e as boas influências pelo que elas contenham de sugestão, mas é necessário que, transpondo o já realizado, olhemos para o futuro. Os estilos não podem ser assim improvisados, mal vertendo-os o nosso colonial, omissões, jogando-se aqui e ali elementos de decoração clássica sem maior cuidado. A estas fantasias desarrasoadas e que tanto atendem ao gosto apurado de populações deficitárias ou individualidades rapidamente enriquecidas, sem base cultural, deve suceder um estilo mais ligado à época, aos materiais e às nossas possibilidades. Paradoxalmente, o Brasil por algumas obras, já realizadas, não está alheio a esta renovação. E cabe aqui lembrar os homens que nos proporcionaram esta boa arquitetura pela sua formação espiritual e pela coragem que revelaram.

Frisando a importância destes conceitos, devemos considerar ainda que a casa tem sobre a sociedade, através da família, uma influência bem mais forte do que possa parecer. Se ela reflete o meio, por sua vez nele também atua marcadamente, seja na formação dos novos homens e mulheres - com a criança - seja pela adaptação do adulto com o maior ou menor; impulso de beleza que possa sugerir. Verificamos que formas mais novas e mais puras ocorrem em datas de renovação e afirmação espiritual e mesmo política, tornando-se, por outro lado, um dos fatores desta renovação. Em ambiente de cópia, de pobreza, de dificuldades, não pode a gente sentir-se bem.

Se a montanha, o mar, a cidade, determinam caracteres definidos, evidentemente a casa, pelo seu muito maior contacto com o homem, interna e externamente, deve ter, também, influência decisiva na sua formação.

Quando temos uma fachada e procuramos dar-lhe sentido, aplicando sobre ela, sem maior estudo, um elemento incorporado, digamos, a construções recuadas de dois séculos, nada mais fazemos que confessar a nossa incapacidade em fazer a nossa estética. A própria Igreja, sem prescindir de suas origens, não é estática mas, pelo contrário, evolui com o mundo, e, muitas vezes, à frente dele.



Vem aqui a já velha consideração de que apenas na arquitetura nos agarramos ao passado. Por que não usarmos hoje automóveis decorados com varais de "cadeirinhas" ou iluminados por lanternas D. João V? Mesmo na moda feminina, onde às vezes voltam ao uso modelos de inspiração de outras épocas, podemos notar que estes modelos são sempre transpostos à estética moderna e não permitem confusão entre o antigo e o novo, a não ser que se transformem em "fantasias". O sentir mudou. Por que, então, só a casa deve parar em qualquer século e viver de recordações? Uma igreja gótica, hoje, não seria tão absurda como um hipódromo com os foqueis vestidos de armaduras? Uma casa estilo normando em nosso clima não seria tão ridículo como andarmos calçados de skís? Estes pensamentos presidiram a nossa preocupação ao estudarmos a casa. O terreno, de duas grandes frentes e pouco fundo, pela sua própria conformação triangular, define a situação a ser usada, e os inconvenientes da proximidade com o exterior são sanados com a transferência dos jardins para o interior e pela vedação visual da rua.

A planta desenvolve-se por quase toda a frente e seu bem pensado programa torna-a um conjunto típico de família em formação, preocupada, tanto no conforto material, como no espiritual. E aqui, se a casa reflete a mentalidade de seu habitante, ajuda-o também em seus anseios e contribui para a formação da descendência. O morador é recebido em grande sala de viver, ampla em três dimensões. A altura é dupla do resto da habitação. Os grandes ambientes de pouca altura comumente oprimem e negam, deformando-a, sua própria dimensão horizontal. A esta sala se liga a de refeições, também capaz de conter as nossas gostosas reuniões familiares ou festivas, características das mais agradáveis de nossos costumes.

Os serviços correspondentes se ligam ao local do uso em posição discreta e com acesso direto da rua, sem interferências de circulação. Na outra frente estão o escritório e o estúdio, em lugar calmo e sossegado. Da sala de viver vamos ter à de estar, em balcão como um prolongamento daquela, porém, com maior intimidade. Seguem-se os dormitórios e sanitários correspondentes, a insolação foi estudada de modo a proporcionar o máximo de sol nos dormitórios, principalmente no inverno, e o mínimo nas salas de conforto e meditação. O jardim se incorpora à casa pela varanda de trás e pelas grandes aberturas voltadas para ele. Da rua o "privace" é conseguido pelo emprego de painéis rotulados que contribuem também para a beleza da fachada principal. Jogando-se as alvenarias brancas com as pedras neutras e as madeiras coloridas procura-se conseguir uma boa composição, enobrecendo os materiais típicos de nossa arquitetura.
 
E se, com tão belas idéias, não conseguimos realizar obra também bela, isto é devido, de fato, à nossa pobreza que é muito para tão grande vôo.

última do [blog]


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/plugins/content/jw_allvideos/jw_allvideos.php on line 42

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/plugins/content/jw_allvideos/jw_allvideos.php on line 43

Morar (viver?) Bem.

Morar bem não é nada mais do que uma das premissas para Viver bem. 

Em 2003 escrevi como morar bem é poder desfrutar do urbano em um ambiente calmo (releia AQUI). Há 37 anos atrás, em1966, meu avô já dizia que "uma vida bem vivida não implica em termos castelos, palácios confortáveis léguas de terras, títulos de dívida pública, ricos,  confortáveis e luxuosos automóveis, aviões, helicópteros, altas posições políticas e sociais, porém uma vida tranquila de viver bem."

Heranças de família.

Leia mais...

Notícias / news


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/plugins/content/jw_allvideos/jw_allvideos.php on line 42

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/plugins/content/jw_allvideos/jw_allvideos.php on line 43
mail_icon3 Registre seu email para receber as notícias e atualizações do site.
Nome:
Email:

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/modules/mod_topcloud17v16/tmpl/default.php on line 239

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/modules/mod_topcloud17v16/tmpl/default.php on line 350

Strict Standards: Non-static method modtopcloud17v16Helper::censor() should not be called statically in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/modules/mod_topcloud17v16/tmpl/default.php on line 353

Strict Standards: Non-static method modtopcloud17v16Helper::getCloud() should not be called statically in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/modules/mod_topcloud17v16/tmpl/default.php on line 373

Strict Standards: Non-static method modtopcloud17v16Helper::assembleoutput() should not be called statically in /home/podestaarq/podesta.dreamhosters.com/modules/mod_topcloud17v16/tmpl/default.php on line 383
Copyright