mini_teofilomini_teofilo

obra: 2004/07
localização: Teófilo Otoni | MG
arquiteto: Sylvio Emrich de Podestá
colaboração: Pedro Aragão de Podestá e Marcos Mascarenhas Franchinni ( estagíario)
paisagismo: Eduardo Roberto Tagliaferri
construção: Plante Engenharia Ltda.
estrutura metálica: Techneaço
esquadrias: Isomax
área do terreno: 31.491,00 m2
área construída:
1a. etapa:  1.300,00 m2 (implantada)
2a. etapa:  5.200,00 m2 (implantada)
3a. etapa:  2.500,00 m2



O crescimento das universidades privadas é fato, o que tem aumentado a demanda por espaços físicos para o setor não só na capital, mas principalmente para o interior, o que inicialmente acontece de forma improvisada com o reaproveitamento de estruturas já existentes. Dentre estas estruturas, observa-se a ocupação constante de antigas concessionárias de veículos que, de uma forma ou de outra, possuem grandes espaços livres e fáceis de serem remanejados, infraestrutura (água, luz, hidrosanitárias, etc.) com dimensões compatíveis, equipamentos e espaços aproveitáveis como I.S e vestiários, áreas administrativas, estacionamento e principalmente localização comercialmente estratégica e de fácil localização.

Este primeiro momento supre a fase implantação e fixação da imagem das novas faculdades. Entretanto, posteriormente,com o sucesso, surgem, a necessidade de crescimento, espaços físicos específicos (laboratórios, por exemplo) e a abertura de novos cursos.

Com Campus Teófilo Otoni, vinculado a um grupo que tradicionalmente trabalha com o ensino a mais de 40 anos, em Caratinga, e que nos últimos anos estendeu seus braços por mais nove cidades, não foi diferente do que foi descrito acima.

Pressionado, o grupo procurou crescer de modo planejado, o primeiro passo foi aproveitar o terreno com as características necessárias. Pertencente ao Parque de Exposições Agropecuária local, com alameda arborizada, limites definidos por um poluído córrego, rua, praça com campo de futebol municipal e uma sede esportiva e deficitária do SESI, a área era ideal para receber um futuro Campus e ainda, instalar de imediato a Faculdade de Educação Física alugando a estrutura do SESI e utilizando o campo da Prefeitura através de convênio.

Foi feito um primeiro plano diretor baseado em demandas futuras e não na mudança imediata da estrutura existente para o novo local. A estratégia aliada à construção subsidiada pelas novas matrículas e parte das mensalidades dos alunos existentes, ou seja, para cada semestre uma nova construção, fez com que alguns princípios que gostaríamos ser possíveis adotar neste planejamento, ficassem restritos ao um futuro médio/distante.

A interação entre todos os equipamentos, inclusive os espaços “não produtivos”, como bibliotecas, auditórios, espaços coletivos de maneira geral, deveriam a princípio ser adaptada aos edifícios construídos até que os recursos fossem suficientes para as construções complementares.

Foi feito um primeiro edifício com 11 salas com capacidade para 60 alunos cada, sendo que, as três inferiores foram transformadas em uma biblioteca provisória. Esse edifício será repetido mais três vezes e serão interligados por passarelas cobertas em todos os níveis, permitindo locar elevadores suficientes para o acesso universal além de uma circulação entre classes totalmente dinâmica e protegida.

Ele contempla também o tratamento bioclimático de seus espaços, com salas voltadas para o Sul, fachada Norte protegida por um grande brise curvo e controle de entrada e saída de ar cruzado pelas salas a partir da circulação que o recebe depois de sombreado pela vegetação (ainda não plantada) que antecede sua entrada. Consegue-se com isso uma baixa de temperatura em torno de 5 a 7 graus (o que não é suficiente para a região em alguns meses do ano) acrescidos de alguns ventiladores de teto necessários ao conforto final.

É possível que novas estratégias acadêmicas e financeiras modifiquem parte do plano original. O controle destas mudanças, como foi feito no início, será feito pela comunidade acadêmica e pela arquitetura, o que permitirá manter alguns princípios que acreditamos serem fundamentais para o futuro planejado deste novo espaço educacional.

Copyright